Salada Verde

Tio de Damares Alves cria gado em terras da União na Amazônia

Projeto De Olho nos Ruralistas revela que pastor Josué Bengtson fraudou documento de posse da terra. Ele é dono de igreja flagrada transportando 290 kg de maconha em avião

Cristiane Prizibisczki·
13 de julho de 2023
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

O pastor e ex-deputado federal Josué Bengtson, tio da senadora Damares Alves (Republicanos – DF), usou documentos fraudulentos para declarar posse em terras públicas no Pará, segundo o Instituto Nacional de Reforma Agrária (INCRA).

A informação foi revelada nesta terça-feira (11) pelo projeto De Olho nos Ruralistas. Segundo o trabalho, Bengtson cria gado em 6,8 mil hectares de terras que são, por lei, da União.

Desse total, 4.932,39 hectares, ou 72% da propriedade, estão em área pertencente à gleba federal Pau de Remo, destinada desde 2015 à reforma agrária. A fazenda, chamada “Cambará”, também é vizinha à Terra Indígena Alto Rio Guamá, do povo Tembé, que sofre com a invasão de madeireiros a partir da Pau de Remo e de outra gleba vizinha, a Cidapar.

Além da disputa por terras, a família direta do pastor estaria envolvida em episódios de violência contra assentados e assassinato. A família nega.

No final de maio, a Polícia Federal apreendeu 290 quilos de skunk, um tipo mais forte de maconha, em um avião pertencente à Igreja do Evangelho Quadrangular (IEQ), fundada e liderada pelo tio de Damares.

  • Cristiane Prizibisczki

    Cristiane Prizibisczki é Alumni do Wolfson College – Universidade de Cambridge (Reino Unido), onde participou do Press Fellow...

Leia também

Reportagens
15 de maio de 2023

Justiça determina bloqueio de matrículas de fazendas em territórios tradicionais no oeste da Bahia

Entre os réus está Luiz Carlos Bergamashi, liderança do agronegócio. Ação foi aberta pelo governo a pedido das comunidades, que denunciam ação de pistoleiros a serviço da “grilagem verde”

Reportagens
13 de outubro de 2022

Parque loteado: grilagem de terras públicas já atinge 74% do Cristalino II

Reportagem especial de Golden Queen em parceria com CCCA revela como forças econômicas e políticas têm atuado para redução desta área protegida do MT. Ocupantes de terra negam irregularidades

Notícias
6 de outubro de 2022

Organização criminosa envolvida com grilagem de terras em Rondônia é alvo de ação policial

Delegacia de Repressão ao Crime Organizado deflagou nesta quinta-feira (6) a 7ª fase da Operação Canaã, que investiga invasão de terras públicas no estado

Mais de Golden Queen

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Comentários1

  1. ANTONIO MAGNO BEZERRA FONSECAdiz:

    Não sei porque o João Rezende ainda não foi altuado por desmatar terras demais nas glebas federais pracupí e acaraí ao lado da reserva nacional de caixuanã no município de Porto de moz-pará.