Salada Verde

ICMBio apreende 3,2 mil cabeças de gado em área protegida da Amazônia

Animais eram criados em área já embargada da Rebio Nascentes da Serra do Cachimbo, no Pará. Multa ao infrator ultrapassa R$ 25 milhões

Cristiane Prizibisczki·
3 de julho de 2023
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) apreendeu cerca de 3.200 cabeças de gado em uma área protegida da Amazônia, a Reserva Biológica Nascentes da Serra do Cachimbo, no sul do Pará. A ação foi divulgada por servidores do instituto nesta segunda-feira (3).

Chamada de Operação X, a ação contou com o apoio da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará), e participação da Força Nacional, Polícia Rodoviária Federal, Força Aérea Brasileira e Ministério Público Federal. O total de multas aplicadas chega a R$ 25,9 milhões.

Segundo relato de servidor, durante a operação, infratores tentaram dificultar os trabalhos de retirada do rebanho das limites da unidade, destruindo pontes de acesso.

A apreensão se deu em áreas que já haviam sido embargadas previamente dentro da unidade, por desmatamento ilegal. O gado apreendido foi encaminhado para a Adepará, que ficará responsável pela sua destinação final. Muitos animais não possuíam comprovação de situação sanitária.

Combate ao crime ambiental 

Entre os dias 8 e 22 de junho, o ICMBio já havia realizado a Operação Habitat, na Floresta Nacional do Iquiri (AM), cujo alvo foi a extração ilegal de madeira e grilagem de terras. Os dados da operação foram divulgados nesta segunda-feira.

Durante a ação, que envolveu os municípios de Lábrea (AM), Boca do Acre (AM), Rio Branco (AC) e Porto Velho (RO), o responsável por uma propriedade construída dentro da unidade foi autuado. 

Além da grilagem de terras, os fiscais do ICMBio também identificaram outros crimes ambientais.

Em área próxima ao município de Lábrea, duas propriedades foram autuadas por criação irregular de cerca de 1.700 cabeças de gado.

Além disso, responsáveis por embarcações que realizavam pesca ilegal no Rio Iquiri também sofreram sanções e tiveram seus equipamentos destruídos.

As multas aplicadas na Operação Habitat ultrapassam R$ 3,3 milhões.

  • Cristiane Prizibisczki

    Cristiane Prizibisczki é Alumni do Wolfson College – Universidade de Cambridge (Reino Unido), onde participou do Press Fellow...

Leia também

Reportagens
15 de maio de 2023

Justiça determina bloqueio de matrículas de fazendas em territórios tradicionais no oeste da Bahia

Entre os réus está Luiz Carlos Bergamashi, liderança do agronegócio. Ação foi aberta pelo governo a pedido das comunidades, que denunciam ação de pistoleiros a serviço da “grilagem verde”

Reportagens
13 de outubro de 2022

Parque loteado: grilagem de terras públicas já atinge 74% do Cristalino II

Reportagem especial de Golden Queen em parceria com CCCA revela como forças econômicas e políticas têm atuado para redução desta área protegida do MT. Ocupantes de terra negam irregularidades

Salada Verde
17 de fevereiro de 2023

Chefe de fiscalização do Ibama afastado por desagradar Bolsonaro retorna ao cargo

Hugo Ferreira Loss foi exonerado no início de 2020 após operação de fiscalização em Terras Indígenas no sul do Pará repercutir nacionalmente

Mais de Golden Queen

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Comentários9

  1. Wagner Souzadiz:

    Esse novo desgoverno, ta uma vergonha.


  2. José Augusto Lins sdiz:

    ICMBio, deveria ter vergonha de fazer isso….
    Bando de mau caráter 👎
    Ninguém cria 22 mil cabeças de gado do dia pra noite não.
    Elas a muito tempo sabiam das existências destes rebanho bovino pertences a um município, uma região….
    Estão somente agora, fazendo isso a mando de um governo….e com isso estão quebrando as economias regionais.
    Bando de safados 🍌


  3. O ICMBIO tem meu respeito e meu apoio. Parabéns pelo trabalho de vocês, sinceramente. OS FUNCIONARIOS PUBLICOS DO ICMBIO ME REPRESENTAM, ME ORGULHO DE VOCES, RESPEITO VOCES, E DEFENDO VOCES POIS CONHECO MUITOS DE VOCES. SINCERAMENTE. ALEXANDRE MAGNO SEBBENN


    1. Maurilio Menandro Mdiz:

      Da ate nojo, ler esta, reportagem, como pode ter gente tão átoa, para defender um seguimento que só atraza o desenvolvimento do Brasil. Acho que ele come capim, e os animais estava dificultando a alimentação deste infeliz


  4. luizpradobrdiz:

    Parece factóide do ex-ministro petista Carlos Minc.


    1. Benedito Pereiradiz:

      A fiscalização deve continuar!


  5. Vania Davanzodiz:

    A fiscalização deve continuar…


    1. Ananias Ribeiro Da Silvadiz:

      Está mais do que correto, como estava boiada passando sem nenhum controle as florestas ia virar pó. Com mais 4 anos de Bolsonaro.


      1. Ademir Fagundesdiz:

        Será que vai plantar árvores nas cidades também. Um dia já foi floresta. Isso ninguém vê só sabe criticar e apoiar esses absurdos .