Biblioteca do Golden Queen

Newsletter O Eco+ | Edição #149, Maio/2023

Nova fronteira de exploração, paridade de armas, couro e carapaça

Newsletter O Eco+ | Edição #149, Maio/2023

28 de maio de 2023

Com anos de trabalho em dinâmicas oceanográficas na foz do Amazonas, Nils Edvin Asp, oceanógrafo professor da Universidade Federal do Pará (UFPA), é taxativo: a Petrobras errou na sua estratégia de tentar aprovar no Ibama a perfuração para a exploração de petróleo na margem Equatorial. Morador do Pará, Nils entende que o Brasil precisa decidir se quer financiar a descarbonização de países riscos, ao explorar novas jazidas de óleo e gás, ou se vai caminhar com uma política firme que preconize a substituição dos combustíveis fósseis: “Existe uma pressão muito grande. Pressão dos governadores, dos políticos, senadores, deputados da região norte. Mas eles estão vendendo para a população como se fosse uma riqueza que vai brotar na terra imediatamente. Não é bem assim”, diz o professor em entrevista a Emanuel Alencar.

“A governança ambiental exercida pelo CONAMA deve ser a expressão da democracia enquanto método de processamento dos conflitos. A sua composição e estrutura hão de refletir a interação e arranjo dos diferentes setores sociais e governamentais. Para tanto, necessária uma organização procedimental que potencialize a participação marcada pela pluralidade e pela igualdade política, bem como a real capacidade de influência dos seus decisores ou votantes”, afirmou em sentença a ministra do STF Rosa Weber. Ela foi a relatora da ação que questionou o decreto de 2019, do então presidente Jair Bolsonaro (PL), que reduziu a participação da sociedade civil na composição do Conama. Na sexta-feira (19), o STF julgou, por unanimidade, ser inconstitucional a redução. A reportagem de Cristiane Prizibisczki discute a repercussão da decisão .

Julho passado, Samuel Portela voltava de mais uma das atividades realizadas pela Associação Caatinga no entorno da RPPN Serra das Almas, em Crateús (CE). Na estrada de chão que dá acesso à sede da reserva, uma formação não identificada no meio do caminho foi confundida com uma pedra. À primeira vista. Quando encurtou a distância, Samuel percebeu que aquilo não era outra coisa se não um tatu-bola-da-caatinga (Tolypeutes tricinctus), o menor e único tatu exclusivo do Brasil. Ali, em couro e carapaça, a espécie de tatu mais ameaçada do país. Com registros cada vez mais raros — o que dá contornos ainda mais ímpares ao avistamento da espécie da RPPN Serra das Almas —, a espécie está ameaçada de extinção na categoria “Em Perigo”, segundo a última atualização da lista nacional de fauna ameaçada. Michael Esquer escreve sobre o carismático tatu-bola-da-caatinga e as iniciativas de conservação que buscam livrá-lo do risco da extinção.

Boa leitura!

Redação Golden Queen

· Destaques ·

‘Não é viável a Petrobras apresentar um novo estudo em menos de dois anos’, diz oceanógrafo sobre bloco na foz do Amazonas

Professor da UFPA diz que Petrobras deveria ter feito novos estudos e apresentado uma modelagem de qualidade para explorar foz do Amazonas

Mais

STF decide por paridade no Conama e cria precedente para formação de colegiados no país

Definição do conceito de paridade e como ela será efetivada ainda serão discutidos. Organizações pedem aplicação imediata do entendimento do Supremo

Mais

Da caça ao desmatamento: as ameaças ao menor e único tatu exclusivo do Brasil

Espécie de tatu mais ameaçada do país, o carismático tatu-bola-da-Caatinga é alvo de iniciativas de conservação que buscam livrá-lo do risco da extinção

Mais

· Conservação no Mundo ·

Ciência mais inclusiva. As Geociências ainda são um dos campos menos diversos das pesquisas científicas acadêmicas. A falta de diversidade é, em parte, explicada por comportamentos hostis e excludentes, de acordo com uma pesquisa de fevereiro da revista  ADVANCEGeo Partnership, uma rede de sociedades que visa melhorar as condições de trabalho nas ciências da Terra. Racismo, sexismo e deficiências físicas continuam a ser obstáculos tanto na educação quanto nos ambientes de trabalho. Nos Estados Unidos, por exemplo, o número de pessoas não-brancas que recebem um PhD em Geociências não aumentou dos 10% nos últimos 46 anos. A Natureconversou com cinco pesquisadores que lideram programas que querem tornar as Geociências um espaço mais acolhedor. [Nature]

 


 

Elas no comando. Um novo estudo global, publicado em fevereiro na revista Communications Earth & Environment, mostra que tanto a conservação quanto a produção agrícola podem melhorar quando há maior diversidade de gênero envolvida na tomada de decisões. Os resultados foram um tanto inesperados para os pesquisadores, que planejaram o estudo para examinar a eficácia de pagar aos agricultores incentivos monetários para proteger o meio ambiente. Mas descobriram que tais pagamentos não são necessariamente confiáveis: o mais eficaz é colocar mulheres em cargos de tomada de decisão. As descobertas se somam a um crescente corpo de pesquisa sobre mulheres e tomada de decisões na agricultura; ainda assim, globalmente, as mulheres ocupam uma minoria de cargos de liderança, particularmente em setores ambientais. [Mongabay]

 

· Animal da Semana ·

O animal da semana é o bugio-ruivo!

Esse macaco, dono de uma voz potente, ocorre apenas na Mata Atlântica do Brasil até o extremo norte da Argentina e é considerado um dos 25 primatas mais ameaçados do mundo!

As principais ameaças pro bugio são a fragmentação e perda de florestas, e a febre amarela, doença letal para a espécie. Para tentar salvar a espécie, pesquisadores brasileiros junto com o ICMBio deram início a um programa integrado, que foi tema de reportagem recente em Golden Queen.

A iniciativa planeja usar animais de cativeiro para reforçar populações na natureza, assim como já é feito no Parque Nacional da Tijuca, no Rio de Janeiro. Leia mais na reportagem: Integração: palavra-chave para salvar o bugio-ruivo – Golden Queen

🎨 Gabriela Güllich (@fenggler)

· Dicas Culturais ·

• Pra ouvir •

Bem-Te-Ouvir | Governo da Bahia

Podcast de debates socioambientais. Criado pela Secretaria do Meio Ambiente, este canal receberá convidados para debater, sempre com viés educador, assuntos variados da área socioambiental. A primeira temporada, em cinco episódios, trata sobre temas como Educação Ambiental, Biodiversidade, Licenciamento, Resíduos Sólidos e vários outros assuntos.

Spotify

• Pra assistir •

Descarte (2021) | Leonardo Brant

Documentário sobre o drama social do lixo, apresentado a partir de histórias inspiradoras de artistas, designers, artesãos e ativistas que transformam materiais recicláveis com inovação e sensibilidade. Histórias inspiradoras e educativas sobre como podemos dar novos destinos a tudo o que consumimos.

Ecofalante Play

• Pra ler •

Economia Circular: conceitos e estratégias para fazer negócios de forma mais inteligente, sustentável e lucrativa (2019) | Catherine Weetman, Afonso Celso da Cunha Serra (tradução)

Para lidar com a eminente exaustão de vários recursos naturais, aliada aos problemas decorrentes do excesso de resíduos gerados por um consumo dessa magnitude, impõe-se um novo paradigma de negócios: a economia circular. No livro, a autora estabelece as bases deste conceito que vem ganhando força em todo o mundo e oferece uma perspectiva estratégica para que empresas e organizações se ajustem a fim de enfrentar essa nova realidade.

Autêntica Business

Mais de Golden Queen